Bate-volta Paris Londres: Loucura ou real?

Com o benefício dos trens de alta velocidade na Europa diversos países ficam a curtas distâncias um do outro. E se você não pode (ou não quer) incluir pernoites nesses países em sua viagem alguns “bate e voltas” são super possíveis e te dão a oportunidade de conhecer aquela cidade maravilhosa que você sempre quis incluir em seu roteiro.

Nosso destino principal em nossa viagem à Europa foi Paris e conseguimos uma super promoção num hotel pertinho da Praça do Trocadero para ficar os nossos 12 dias de viagem. Por isso, optamos por tirar do nosso planejamento pernoites em outros lugares, pois senão teríamos pago pela hospedagem e não usaríamos nos dias em que pernoitássemos em outro país, além de ter que pagar pela hospedagem no país de destino. E gastar mais nunca está em nossos planos (hehe).

Então começamos a pesquisar bate-voltas possíveis a partir de Paris e vimos que Londres (apesar de todo mundo achar loucura) é um bate- volta menos “hard” que o bate-volta à Amsterdam. E a gente até entende, pois Londres é enormeeeee e cheia de pontos para visitar. Já Amsterdam é uma cidade que você conhecer explorar em menos dias. Mas queríamos muito aproveitar a oportunidade para conhecer a Terra da Rainha! hehe

Em primeiro lugar: qualquer cidade que esteja a menos de 4 horas de trem de Paris vale mais a pena ir de trem de alta velocidade do que ir de avião, a não ser que o custo de ir de avião esteja infinitamente mais baixo. Ir de trem evita os deslocamentos até o aeroporto (que são longos), com toda aquela antecendência necessária dos vôos internacionais, e ainda os deslocamentos longos na cidade destino. As estações de trem costumam ser super centrais facilitando demais o bate-volta.

Sem contar que, especialmente nesse de Londres, é muito louco saber que você está num trem que está passando por baixo da água, mesmo que você não veja nada, não acham?

Como chegar

O trem de alta velocidade Paris – Londres é operado pela empresa Eurostar. Você embarca na estação Gare du Nord em Paris (tem acesso de metrô/ RER de praticamente toda a Paris para lá) e em mais ou menos 2h30 você desembarca na estação London St Pancras. O tempo de deslocamento é menor que o da ida para Amsterdam e você ainda ganha 1 horinha de lambuja, pois tem diferença de 1 hora no horário de Londres para Paris. Então, um trem que sai as 7 de Paris chega 8h30 em Londres. Sacou?

Em relação a preço: Os preços das passagens variam bastante dependendo da época do ano, horário, dia da semana etc. Nós compramos o nosso ticket direto no site da Eurostar mas também é possível comprar pela Rail Europe.

No dia da viagem você precisa chegar a estação Gare du Nord com pelo menos 45 minutos de antecedência, ir em direção à área das GRANDES LINHAS e procurar nos painéis qual será a plataforma que seu trem irá sair. Normalmente essa plataforma só aparece uns 20 minutos antes da saída do trem. Para os trens da Eurostar você precisará subir até o segundo andar quando chegar na área de embarque. Tem sinalização lá. Se tiver dúvidas pergunte. Não corra o risco de perdem o trem. Você irá passar por um longo e demorado processo de imigração, controle de passaporte etc. Na semana que fomos, todos os trens da Eurostar estavam saindo com atraso, inclusive o nosso, o que foi ruim pois perdemos 1 hora em Londres por conta da enrolação nesse processo.

A policial de imigração fez muitas perguntas: Quando sairíamos de Londres, se já tínhamos a passagem de volta, que dia chegamos em Paris, quando iríamos embora de Paris, nossa profissão, se tínhamos residência no Brasil etc. Prepare-se e leve todos os seus documentos pois eles podem pedir: comprovantes do trem ida e volta, passagens áreas de saída da Europa, o seguro obrigatório para viagem a Europa (se você ainda não fez o seu, clique aqui, temos 7% de desconto com a Seguros Promo) etc.

Como é o trem?

Os trens da Eurostar, assim como os da Thalys, tem poltronas bem confortáveis mesmo para quem compra as passagens da segunda classe, como nós. Dentro do trem tem venda de lanches, banheiro e espaço para colocar malas (que não usamos, já que fomos em bate e volta). Quem viaja na Primeira Classe já ganha uma refeição incluída no preço da passagem. 

Deslocamento

Como o tempo de Paris – Londres é de mais ou menos 2h30, para aproveitar o bate e volta o ideal é que você pegue o trem mais cedo que tiver e volte num que seja tarde, mas que não seja tão tarde a ponto de você não conseguir pegar metrô em Paris na chegada. Nós pegamos um trem às 7 da manhã na ida e um às 19h30 na volta. Era para chegarmos em Londres às 8h30, mas como contei acima sobre o atraso da Eurostar, chegamos apenas às 9h30, o que atrasou um pouco nosso roteiro, mas mesmo assim deu pra fazer quase tudo.

Bom, segue abaixo roteiro completo do que você consegue fazer em um bate e volta em Londres. Lembrando que cada pessoa e família tem um ritmo. Existem pessoas que gostam de tirar mais fotos, ficar mais tempo em um lugar, parar para descansar um pouco. Então saiba que cada roteiro deve ser adaptado ao ritmo do seu grupo. E não fique triste se não der tempo de fazer tudo que escrevi aqui, ok? Apenas curta e aproveite a viagem!

Roteiro completo para um bate e volta Paris – Londres

Ao sair da estação de Londres a primeira coisa que você deve fazer é comprar os tickets do metrô pois para esse roteiro teremos que usar o metrô. Nós fizemos as contas e não valeria a pena comprar o Oyster (cartão tipo o Navigo de Paris – veja vídeo que fizemos sobre o Navigo), pois não usaríamos o suficiente em um dia para que o custo fosse pago. Então compramos apenas o passe diário mesmo. Um pra cada, como sempre. Nas máquinas do metrô que tem lá na estação mesmo.

Abrindo um parêntese: Apenas umas dicas de sobrevivência em Londres…kkk

  • Sabe aquela indicação nas escadas rolantes do metrô que (pelo menos aqui no Rio de Janeiro tem nas estações do Centro da cidade) que diz pra ficar na direita se for ficar parado e na esquerda só se você for subir andando e que muita gente ainda não respeita? Rss Pois é, se você fizer isso por lá tá arriscado a ser extraditado do País….hehehe…gente, sério. Eles correm muito, andam muito e correndo. Please, se quiser descansar na escada rolante fique na direita.
  • Se em qualquer corredor dentro das estações você perceber que existe um fluxo de ida e de volta respeite o fluxo pra não ser carregado.
  • Atenção na rua para não ser atropelado por um corredor! Hehe

Dito isso, sigamos.

A estação London St Pancras é linda por dentro! Já comece seu roteiro fotografando.

Lá tem o famoso relógio e a linda estátua do casal se beijando. Essa estação está conectada a Estação do metrô King’s Cross, famosíssima para os fãs de Harry Potter! A fachada que aparece no filme é da St Pancras, mas a famosa plataforma de onde sai o trem fica na King Cross. Fotografe tudo. Inclusive, é na plataforma 9 3/4 que fica a homenagem ao filme com o carrinho na parede. Mas para fazer essa foto tem uma espera de mais ou menos 1 hora de fila, tempo esse que em bate e volta não dá mesmooo pra perder. Tiramos só as fotos externas e seguimos em frente.

20190322_063102
London St Pancras
20190322_063317
King’s Cross- Tem uma réplica perfeita na Univesal Studios Orlando. Veja post completo sobre ela aqui no blog

De lá pegue o metrô em direção a London Eye (veja qual baldeação o google indicará no dia. Para isso é necessário ter um chip de celular com internet. Compre o seu clicando neste link.) Fomos até ela, admiramos bastante, mas não daria tempo de subir por conta da fila para comprar o ingresso. O ideal para quem quer subir é comprar o ingresso com antecedência no site da London Eye. Mas em todos os nossos bate-voltas nós não deixamos tickets comprados exatamente para evitar ter algo muito pré-definido caso tivéssemos imprevistos. E ainda bem que não compramos, porque tivemos o imprevisto do atraso do trem, então já não daria muito tempo mesmo. Então só a apreciamos lá debaixo.

De lá caminhe em direção à Westminter Bridge, uma das pontes mais famosas de Londres de onde você tem a visão do Rio Tâmisa com a London Eye de um lado e o Big Ben do outro.

DSC_0651
London Eye vista da Westminter Bridge

Vale lembrar que o Big Ben estará em obra até 2020, então, suas fotos sairão com ele com um monte de ferro na frente..hehe. O Big Ben é um dos símbolos de Londres, e é na verdade o sino que fica na torre do relógio que faz parte do Palácio de Westminter, onde ficam instauradas as duas Câmaras do Parlamento do Reino Unido.

DSC_0660
Big Ben em reforma

Já percebeu que em apenas um cantinho tu já mata uns 4 pontos turísticos super famosos da cidade. Se seu trem chegar cedinho, tipo 8h30, dá tempo de caminhar até a Abadia de Westminter que fica logo em frente ao Palácio e é uma das igrejas mais importantes de Londres. Como chegamos atrasados em 1 hora pulamos a visita a Abadia (uma pena). Foi nela que aconteceu o casamento do Príncipe William com a Kate Middleton.

De lá caminhe pela rua Birdcage Walk (não pegue outra rua, porque o caminho é lindo beirando o St. James Park) até o grande e famoso Palácio de Buckingham, residência oficial da rainha. (Bem que ela podia dar um tchauzinho na janela de vez em quando, né? Hehe). Como fomos a Londres numa sexta-feira conseguimos pegar a Troca de Guarda. Mas ela começa às 11h e como nosso trem atrasou (droggaaaaaa Eurostar…vou repetir isso mil vezes…kkk) pegamos apenas o finalzinho. Os dias que acontecem a Troca de Guarda podem variar muito, então é bom dar uma consultada no site deles clicando aqui. Ah!! No caminho aproveite para tirar a famosa foto nos telefones de Londres! Deve ser bem divertido para os londrinhos verem os turistas. Eu fico imaginando que eles devem pensar: “Gente do céu, por que eles tiram foto no orelhão?”hehehehhe

St James Park, não é lindo?
DSC_0700
Aglomeração perto do Palácio de Buckingham para assistir a troca de guarda! Eles tocaram a música do 007. 
DSC_0723
Foi o mais próximo do Palácio que conseguimos chegar..rs
DSC_0674
A famosa “foto no orelhão”..hehe
Captura de Tela 2019-04-05 às 22.00.53
Soldados passando pela The Mall na Troca de Guarda

Depois de tirar todas as fotos possíveis, siga pela The Mall (a famosa rua tapete vermelho) até chegar a Trafalgar Square. A Trafalgar Square é a principal praça de Londres, e lá ficam vários pontos importantes, como a Galeria Nacional de Arte e o Monumento ao General Nelson, que foi quem liderou a Inglaterra na guerra que venceu Napoleão.) O monumento erguido em homenagem a ele é lindo com seus imponentes leões. A praça leva o nome da batalha que o vitimou.

De lá siga em direção a Leicester Square, que é tipo uma Time Square londrina. Lá você encontra a grande e maravilhosa loja de M&M’s (entre por favor…rs), loja de Lego e o famoso restaurante americano Bubba Gump (que eu amooo), e foi lá que paramos para almoçar.

20190322_091416
Leicester Square
DSC_0775
Mais uma dela! Nem tava frio gente! rs
DSC_0797
E já que não dá tempo de ir até a Abbey Road no bate-volta a gente tira a foto dos Beatles com os M&M’s mesmo..hehe (Dentro da loja de M&M’s)

Depois do almoço demos uma passadinha na Chinatown (na rua da Loja de M&M’s). Siga depois pela Coventry Center (nessa rua tem muita lojinha de souvenir, se quiser lembrança de Londres compre nela. Foi lá que compramos caixinhas do famoso chá londrino e nosso imã de geladeira) até a Picadilly Circus, outra praça famosíssima da cidade. Lá tem a loja LillyWhites, de produtos esportivos, que vende tênis até de 20 libras. Não paramos para comprar porque não era o nosso objetivo, até porque gastaríamos tempo, mas se tiver interesse é legal dar uma parada.

Na praça pegue o metrô em direção à estação de metrô London Bridge. (Veja no google as baldeações). Ao descer da estação siga pelo lado da estação mesmo até a Tower Bridge beirando o rio. Até chegar nessa ponte (a mais famosa de Londres) você irá passar pelo prédio lindíssimo da prefeitura de Londres com seu formato oval e pela linda Hay’s Gallery. Suba as escadas da ponte para atravessá-la até o outro lado. Se não tiver fila, compre os ingressos para subir a ponte. No segundo andar fica o famoso chão de vidro e a vista deve ser linda). A fila estava enorme quando fomos, então pulamos. Se estiver muito a fim de subir, você pode tirar alguma coisa do roteiro.

DSC_0823
Hay’s Gallery
DSC_0837
Prédio da Prefeitura de Londres
DSC_0864
Tower Bridge

Uma observação: a vista ao atravessar a ponte é incrível (mesmo pra quem não sobe) pois de um lado você tem uma parte moderníssima da cidade e de outro uma Torre de mais de mil anos, é simplesmente sensacional!

DSC_0893
Atravessando a ponte!
DSC_0881
Vista da Ponte

No finalzinho da ponte desça a escadinha que terá a esquerda para caminhar em direção à Torre de Londres!!! Sigamos por ela até viramos à direita e estava tão frio,tão frio que paramos no Paul Tree Quay (Que é uma cafeteria francesa hehe..porque a gente vai pra Londres pensando em Paris…hehe) só para tomar um café e dar uma esquentada. Experimente os doces! São incríveis.

DSC_0925
Torre de Londres

De lá fomos até a Leadenhall Market que é o original Beco Diagonal do Harry Potter! Lá é o ponto onde a galera que trabalha nos bancos ao entorno vai para um Happy Hour. E foi engraçado ver aquela galera toda de terno tomando cerveja exatamente lá porque parecia cena do filme…hehe. Lá foram filmadas cenas de “Harry Potter e a pedra filosofal”. Se você é fã dê uma pesquisada porque tem algumas referências.

DSC_0938

De lá pegamos novamente o metrô e fomos até a Oxford Street, que é a mais famosa rua de compras em Londres. E apenas uma explicação: você verá no mapa que essa rua é bem mais perto da Picadilly Circus, então o óbvio seria ir nela antes de ir até o outro lado da cidade (Tower Bridge), mas como nosso intuito não era fazer compras e sim conhecer e aproveitar o máximo possível de Londres deixamos ela por último exatamente para visitá-la apenas se desse tempo. E deu. Mas ela é enormeeeeeeee e tem muitas lojas. Só entramos em duas e não compramos nada (A libra a mais de 5 reais não ajuda muito…rs). Se você quiser ir a alguma loja específica (que é o que dá tempo nesse bate-volta), já pesquise no mapa a estacão de metrô que seja a mais próxima dela para quando você sair do Leadenhall Market já fazer a consulta no google maps colocando o nome da estação que você deseja. 

De lá, já estava na hora de irmos para a estação London St Pancras pegar o trem de volta para Paris. Saímos com uma antecedência de pelo menos 1h30 da hora que tínhamos que estar na estacão (que já é meia hora antes da hora da saída do trem) pois hora do rush em Londres é tipo hora do rush carioca e paulista…hehe…o metrô estava uma loucuraaaaa!!!! Bem cheio, uma confusão nas catracas etc. Então não deixe para sair em cima da hora.

Bom gente….é isso!!! Espero que o post tenha ajudado você a decidir se vale a pena o bate e volta a Londres! Eu achei que valeu super a pena, apesar de não conseguir desfrutar tanto das atrações (como subir na roda gigante ou subir na Tower Bridge) nós não fizemos nada correndo. Fizemos tudo de forma tranquila…tiramos muitas fotos e pudemos conhecer essa cidade lindaaaa!

DSC_0636
Big Ben e Palácio de Westminter vistos lá da ruazinha da London Eye

Confesso que não foi minha cidade preferida da viagem pois ela tem essa pitada de cidade grande mesmo. E a correria dos londrinos também é meio louca…hehe. Mas foi incrível conhecê-la, ter essa idéia de como é uma cidade com Rainhas, príncipes e princesas! Hehe

Londres precisa de pelo menos uns 4 dias para ser melhor explorada! Tem muita coisa que ficou fora desse roteiro. Mas para um roteiro de bate-volta ele contempla bastante coisa bem legal! Ah!!! E como eu falei, não fique triste se você tiver que tirar uma coisinha aqui e mudar outra ali! Cada grupo tem seu ritmo de viagem, ok? Curta a sua como puder!

É isso galera! Siga a gente lá no Instagram pois tem vários stories de Londres nos destaques! @antesdeirblog

Para ver outros bate e voltas de Paris bastar acessar os links abaixo:

Bate e volta Paris Amsterdam

Bate e volta Paris Bruxelas

Se precisar de hospedagem, chip e seguro viagem faça sua compra através deste link! Você não paga nada a mais por isso e nós recebemos uma pequena comissão, o que nos ajuda a manter este domínio ativo!

Vai viajar para a Europa no Frio? Fizemos um post sobre tudo que você deve levar! Para acessar clique aqui!

Gostou desse blog? Reserve com nossos parceiros clicando nos links abaixo e nos ajude com uma pequena comissão!
Hospedagem com o Booking.com
Aluguel de Carro com a Rentcars
Seguros com a Seguros Promo
Chip Internacional com a easysim4u

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s