O que fazer em Arraial da Ajuda e Trancoso?

Sabe aqueles lugares que já estão na sua lista há tempos, planejamento pronto e só faltavam as férias certas e passagens compradas? hehe Esse lugar era Arraial da Ajuda para a gente! Na verdade a Bahia como um todo! Meu marido já conhecia a Bahia mas eu ainda não e por mais que eu quisesse demais ir até Salvador de cara, conhecer o Sul da Bahia estava mesmo na minha lista de principais lugares para conhecer. E não é pra menos! A tão famosa Costa do Descobrimento (a Bahia possui 5 costas: Coqueiros, Dendê, Baleias, Descobrimento e Cacau) é uma das mais lindas e cheias de história!

Então, bora para o nosso roteiro? Mas primeiro, algumas dicas principais pra quem tá com viagem agendada pra lá!

Como chegar em Arraial da Ajuda? O aeroporto mais próximo é o aeroporto de Porto Seguro e foi onde desembarcamos. De lá pegamos nosso carro alugado (vou falar nos próximos tópicos) e fomos para a nossa pousada em Arraial. Você tem 2 opções para chegar lá, uma é indo totalmente pela estrada que dá uma volta pelo Rio Bunharén em torno de 1h30. E a outra é cortando caminho e pegando a Balsa. Este último foi o que fizemos. Você paga em torno de 25 reais (preço de 2021) para entrar com carro e tudo na balsa e atravessar o rio até Arraial. Como nós chegamos lá em dia de semana nem pegamos fila para a Balsa, mas em alta temporada e finais de semana pode ser um pouquinho mais demorado. Então, o ideal é verificar no waze qual trajeto na ocasião será mais rápido: com ou sem balsa! 

Se você não quiser pegar a balsa de jeito nenhum (sei la, se alguém tiver medo ou enjoar etc) já coloque no waze ou google maps a opção EVITAR: BALSA. 

Nós pegamos a balsa e foi muito tranquilo. Assim que chegamos no local de embarque tinha acabado de sair uma e tivemos que esperar 30 minutos até a saída da outra, mas ela saiu em ponto. Enquanto o carro estiver na barca ele precisa estar totalmente desligado, o que gera um pequeno incômodo apenas pelo calor, mas nada insuportável. A travessia é super rápida e você já sai na estrada principal que vai para o centro de Arraial da Ajuda. 

Onde ficar em Arraial da Ajuda? Quem já me acompanha há um tempo por aqui sabe que sou a maior fã de um footing noturno. Adoro pousadas, hotéis que me permitam sair a noite para conhecer a região a pé e por lá não foi diferente. E termos optado por isso foi ótimo pois o melhor lugar para passear, jantar e comprar a noite em Arraial é no centrinho da Rua Mucugê e se tivéssemos ficado num local muito longe de lá teríamos que ir de carro e lá percebemos que é bem chatinho de encontrar local para estacionar.

É importante falar que nessa viagem nós dividiríamos o tempo da estadia em dois lugares e por conta de imprevistos não tivemos como fazer isso, mas é uma ótima opção para quem puder. Ficaríamos 5 dias em Arraial da Ajuda, faríamos um bate e volta em Trancoso nesse período e depois iríamos ficar mais 3 dias numa pousada na Praia do Espelho (entre Trancoso e Caraíva). Aliás, eu estava com uma expectativa super alta nessa segunda hospedagem. Uma outra opção é se hospedar metade da viagem em Arraial e a outra metade em Trancoso. No período que fomos para lá a região estava passando por fortes chuvas e isso a afetou demais: diversas estradas ficaram totalmente alagadas, regiões impossíveis de chegar sem barco….enfim….por isso não conseguimos ficar o período que queríamos lá na praia do Espelho. Então acabamos ficando a viagem toda em Arraial da Ajuda e fizemos um bate e volta em Trancoso. Por esse motivo tivemos 2 experiências de hospedagem em Arraial da Ajuda: a primeira foi na Pousada Maria Pitanga (essa era a que tínhamos escolhido mesmo), uma pousada linda e com um atendimento muito bom. O café da manhã é um diferencial de tão gostosinho, café de casa de mãe sabe? E um o café da tarde de cortesia era um aconchego. Além disso ela era bem pertinho da Rua Mucugê e podíamos ir a pé, mas não tão perto a ponto de sermos incomodados com o barulho. Era perfeita!

Pousada Maria Pitanga super bonitinha

A segunda hospedagem foi no Mar Paraíso Hotel. Como não tivemos como chegar na Praia do Espelho com a estrada totalmente alagada tivemos que cancelar em cima da hora nossa estadia na segunda pousada e procurar correndo um lugar para ficar até o final da hospedagem. Infelizmente a Maria Pitanga não tinha mais vaga. Então ficamos neste hotel estilo resort. Ele não tinha o estilo gostoso de atendimento mais aconchegante da pousada Maria Pitanga (estávamos mal acostumados hehe) mas tinha o benefício de além de ser pé na areia e ter uma baita piscina, ter um acesso facilitado por dentro dele até a Rua Mucugê (para os hóspedes não terem que subir o morro por fora, o que achei ótimo)! 

Se tiver a oportunidade tente se hospedar em Trancoso ou na Praia do Espelho também. Só não indico aqui a pousada que ficaríamos lá pois tivemos alguns problemas com o cancelamento. 

Alugo carro em Arraial da Ajuda? Sempre defendemos o aluguel de carro sim, a não ser que você esteja indo para um lugar em que ele mais atrapalhe do que ajude é que não recomendamos (como foi o caso em Paris, Santiago no Chile, por exemplo). Somos do tipo que adora fazer os passeios por conta própria na viagem. Ultimamente só contratamos passeios e tours quando não tem jeito, quando o acesso para algum local é muito ruim, quando é só com guia autorizado ou quando o passeio vai oferecer alguma experiência diferenciada. Fora isso preferimos fazer tudo de carro. Em relação a reserva que fizemos nessa viagem a única coisa que talvez façamos diferente quando voltarmos lá é alugar um 4×4 ou algum carro com mais tração, pois para acessar algumas estradas de lá (a estrada para a Praia do Espelho e Taípe, por exemplo) é melhor ir com um carro desses. Alugamos um carro normal e tivemos algumas dificuldades em algumas estradas. Mas ainda assim valeu muito a pena. Apesar de não termos usado muito no centrinho do Arraial (fazíamos quase tudo a pé), foi útil para a ida e volta do aeroporto, ida ao parque, ida a Trancoso e a ida até a Praia do Espelho (se tivéssemos conseguido chegar lá 😦 )

Sempre alugamos carro com a Rent Cars. Fique atento que volta e meia divulgo alguns descontos pelo Instagram

Então vamos para o nosso roteiro!

O que fazer em Arraial da Ajuda?

Dia 1- Dia da chegada. No dia da chegada sempre procuramos não planejar nada exatamente para não nos frustrarmos caso ocorra algum atraso com o voo. Chegamos pelo aeroporto de Porto de Seguro, pegamos o carro e demos uma parada no centrinho de Porto Seguro antes de pegarmos a balsa. Caminhamos pela Passarela do Descobrimento, também conhecida como “Passarela do Álcool” por conta dos bares e quiosques localizados ali.

Passarela do Descobrimento em Porto Seguro

Atravessamos a balsa e já fomos direto conhecer nossa pousada. À noite caminhamos pela Rua Mucugê mas nem deu muito para visitar as lojinhas pois caiu o mundo….hehe. Começou uma chuva torrencial, então paramos no primeiro restaurante que conseguimos entrar. Clique aqui para ver o post “Onde comer em Arraial da Ajuda?”

Dia 2 – A chuva não parou de cair, então tivemos que mudar um pouco os planos. Fomos caminhando da nossa pousada até a famosa Rua Bróduei cheia de lojinhas de artesanato, lembrancinhas, artigos produzidos pelos moradores da região, rendas….uma fofura. Ela fica pertinho da famosa igreja de Arraial de Ajuda, cartão postal da cidade e do Mirante das Fitinhas que tem uma vista incrível!

a famosa Rua Bróduei
Olhem que fofura essa pracinha!
Igreja no centro histórico de Arraial da Ajuda
Mirante das fitinhas! Olhem essa vista!
E esse porta retrato lindo compramos com uns fotógrafos que ficam no Mirante das fitinhas!

Descendo a escadaria do Mirante você chega na Fonte Nossa Senhora da Ajuda também. Não descemos a escadaria toda no dia pois estava bem deserto. Mas a vimos de carro passando por ali outro dia. De lá almoçamos na famosa Rua Mucugê e dessa vez conseguimos visitar um pouco melhor. A Rua tem diversas lojinhas lindas, restaurantes fofos, o famoso Beco das Cores (que na verdade só tem mais lojas e mais restaurantes). Para saber onde comer em Arraial da Ajuda acesse esse post. 

Um trechinho da fofa Rua Mucugê

Depois do almoço descemos a rua até a Praia Mucugê (mesmo com um pouco de chuva) que é onde fica a maior concentração de barracas de praia. Caminhamos pela praia mesmo à esquerda até a Praia dos Pescadores que é um pouco mais tranquila e com menos quiosques pois boa parte da Orla é tomada pelos muros de pousadas.

Olhem essa delícia de praia!

Voltamos para a nossa pousada onde tomamos o maravilhoso cafezinho da tarde de cortesia e depois fomos jantar na Rua Mucugê novamente. 

Dia 3 – Ida ao Arraial da Ajuda Eco Parque. Acordamos e fomos agraciados com um dia lindo de sol! Quem me conhece sabe que como uma grande fã dos Parques temáticos por causa da Disney. Então, sempre que vou a algum lugar no Brasil ou fora do Brasil que tenha algum parque temático de qualidade procuro incluir no meu roteiro e com este parque não foi diferente. Já tinha ouvido falar bem dele e fomos conferir. O parque fica bem pertinho do centrinho de Arraial da Ajuda, tem estacionamento e estava bem limpo. Fiz um roteiro completo sobre ele, clica aqui pra ver!

Entrada do Parque

O parque é bem lindinho e muito menor que outros parques aquáticos do Brasil, como o Beach Park, por exemplo, mas tem umas atrações bem legais. Fomos na tirolesa (uma das mais altas que já fui, adorei! Quase não desci…heheh), no toboágua com bóia, naquele que desce com uma “pranchinha”, e nos toboáguas fechados. Só não fomos nos de queda livre que eram a diversão dos adolescentes por lá! 

Piscina de ondas no parque

O parque ainda tem o famoso rio já conhecido em parques aquáticos, uma piscina de ondas com uma vista linda e uma área só para os babies! Na divulgação vimos que ele oferecia algumas atividades, como caiaque, na praia, mas no dia que fomos não estava acontecendo nenhuma. Disseram que era por causa da maré alta e dos ventos..mas enfim..não estava ventando e a maré estava baixa mas quem sou eu pra entender disso não é mesmo? Hehe

Cantinhos fotogênicos no parque
O famoso Rio comum nos parques aquáticos
O parque fica na beira da praia! O que oferece essa vista linda!
Dá pra se divertir e relaxar ao mesmo tempo!

As opções de alimentação não eram muitas mas eram suficientes. Tinham diversos quiosques de lanches, sorvetes e um restaurante com buffet que foi onde almoçamos. Pouca variedade mas estava boa. O aluguel de armários e toalhas pode ser feito logo na entrada do parque e estava até que num preço razoável! Curtimos bastante a visita. Não está na lista dos melhores parques aquáticos que já visitamos mas era um parque muito bom, vale a pena a visita sim! Não deixe de ver o roteiro completo sobre o parque aqui!

Dia 4- Ida a Trancoso. 

Primeiro, de manhã, fomos caminhando até a Rua Mucugê e de lá descemos até a praia e desta vez fomos andando pela direita até a Praia a pé caminhando  até a Praia do Parracho. Paramos numa pequena barraca e ficamos a manhã toda. Uma delícia essa praia. Comemos uns petiscos na própria barraca mesmo e de lá voltamos para a pousada para nos prepararmos para irmos até Trancoso assistir o pôr do sol. 

Praia do Parracho linda de linda!

Colocamos no waze o trajeto até Trancoso e ele nos mandou por uma estrada de terra horrorosa, por favor, não peguem essa estrada. Ele dá como se fosse o caminho mais curto (10 minutos mais curto) que se torna o mais longo porque a estrada é horrível, toda mal cuidada, cheia de buracos. Péssima. Quase demos meia volta e desistimos. Mas conseguimos chegar até o final. Na volta pegamos garantimos que pegaríamos a estrada asfaltada (que também é ruim mas nem se compara). Verifique se na hora que você colocar no waze vai aparecer a BA001. Se aparecer a Estrada Arraial-Trancoso mude a rota. 

Depois do perrengue conseguimos chegar lá e ainda pegar o pôr do sol lindo do Quadrado de Trancoso. Vimos a igreja, que inclusive estava tendo missa, fomos até o Mirante maravilhoso, visitamos as lojinhas e depois paramos para jantar.

Coisa mais linda esse lugar
Igreja no Quadrado de Trancoso
Fica lindo quando os restaurantes começam a acender as luzinhas
Casinhas coloridas para todo lado
Vista linda do Mirante do Quadrado

Ficamos lá até tarde. É uma delícia. Se puder se hospede alguns dias em Trancoso também. Nós tínhamos optado pela segunda hospedagem na Praia do Espelho, mas se tivemos colocado Trancoso teríamos conseguido chegar. 

Dia 5 ao 7 – Ficamos apenas na Piscina da Pousada Maria Pitanga de manhã e depois fizemos check-out para irmos até a Pousada na Praia do Espelho e para a nossa surpresa depois de pegarmos quase 10km de estrada de terra até lá no meio da estrada estava totalmente alagado. As chuvas que continuam assolando a região realmente deixaram muitas estradas intransitáveis. A pousada não tinha nos avisado e tivemos que cancelar em cima da hora e reservar uma nova pousada. Acabamos não conseguindo uma em Trancoso e nem voltar para a pousada anterior que estávamos em Arraial. Reservamos o Mar Paraíso Hotel. Como ele tinha piscina grande e era pé na areia e só ficaríamos o restante do dia lá (já era quase 17h do dia 5 quando enfim conseguimos resolver a nova reserva) e iríamos embora no dia 07 cedo, ficamos nesses dias só escolhendo entre praia e piscina e a noite íamos a pé para jantar pelo acesso interno que o hotel tem para a Rua Mucugê! 😊

Piscina linda do Mar Paraíso
Pousada pé na areia com acesso fácil a Rua Mucugê

A ideia desses 3 dias era estar na pousada da Praia do Espelho que ficava perto de Caraíva curtindo as paisagens por lá mas infelizmente não deu. São imprevistos que acontecem na viagem. Mas se você for num período de sol é um local que acho que vale a pena ir para conhecer ou quem sabe, se hospedar também. 

Espero que tenham gostado do nosso roteiro. 

Acesse aqui também:

Onde comer em Arraial da Ajuda

Vale a pena visitar o Arraial da Ajuda Eco Parque?

O que fazer em Arraial da Ajuda com chuva?

Passagens áreas com o Passagens Promo
Hospedagem com o Booking.com
Aluguel de Carro com a Rentcars
Seguros com a Seguros Promo
Não viaje para o exterior sem o chip da easysim4u

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s