Maceió – O que fazer em 3 dias na orla mais linda do Brasil?

Já tinha visitado Alagoas bem rapidinho em um bate e volta às piscinas de Maragogi em nossa viagem a Porto de Galinhas mas não tinha, ainda, conhecido Maceió e as praias de Alagoas com calma e sempre tive vontade. Aproveitamos essa viagem e pegamos 7 dias completos para conhecer esse lugar maravilhoso do nosso Nordeste. Depois de pesquisarmos bastante resolvemos dividir nossa viagem assim: 3 dias em Maceió aproveitando para conhecer as praias mais ao sul e 4 dias na Rota dos Milagres e foi incrível. Se tivéssemos mais uns 3 dias subiríamos mais um pouco para curtir um pouquinho as praias mais ao Norte pertinho de Maragogi, mas não deu. 

Praia de Ponta Verde na Orla urbana de Maceió

Então, neste post você verá o resumo do nosso roteiro completo em Maceió em 3 dias e neste outro post você encontrará nosso roteiro super “slow” na Rota dos Milagres. E neste outro você encontrará dicas de Onde comer em Maceió e Rota dos Milagres?. Espero que curtam!

Oh! Maceió! Praias de águas quentes e claras e coqueiros por todo lado!

Já tinham me falado que a Orla de Maceió é uma das mais lindas do Brasil e tive que ir lá pra ver e realmente gente. Eu nunca vi em outra lugar praias urbanas tão lindas quanto as de Maceió. Então bora para o nosso roteiro!

Mais uma da Praia de Ponta Verde só porque amei demais essa praia.

Quantos dias de viagem para curtir Maceió? Como já falei, nossa viagem inteira durou 7 dias, sendo que 3 foram em Maceió com esticadas até as praias do Sul e os outros 4 nos hospedamos na Rota dos Milagres para fazer as praias da Rota. Então, o período da sua viagem depende muito do quanto tempo pretende ficar em cada uma. Eu colocaria pelo menos mais 1 em Maceió para visitar 2 praias que não conseguimos nessa viagem. Fora isso, você ainda tem a opção de acrescentar mais dias e ir até Maragogi também. 

Alugo carro para ir a Maceió? Pra quem já me conhece e acompanha meus post por aqui sabe que não sou muito fã de ficar contratando muitos passeios, só quando queremos mesmo a experiência ou é muito ruim ir por conta própria. Então, sempre dou a dica de alugar carro. Com carro alugado você fica mais a vontade para conhecer as praias que quer ir com calma, fazer os bate e voltas que quiser. E como nós iríamos ficar um tempo hospedados na Rota precisávamos também nos locomover até lá que é uma distância considerável de Maceió. 

Para a nossa viagem nós alugamos o carro com a nossa parceira RentCars e correu tudo bem. Para reservar com eles clique aqui. 

Como chegar em Maceió? O aeroporto mais próximo da Orla é o aeroporto Zumbi dos Palmares. Achei o aeroporto pequeno para um aeroporto internacional, mas conseguimos almoçar por lá tanto na chegada (quase 17h da tarde..rs) quanto na volta pra casa. Pegamos o carro alugado ali mesmo e em mais ou menos 40 minutos chegamos no nosso hotel que ficava a uma quadra da praia de Ponta Verde. 

Onde se hospedar em Maceió? O que não faltam são bons hotéis em Maceió e isso depende muito de suas preferências e estilo de viajante. Nós curtimos muito o footing noturno e por isso sempre procuramos nos hospedar em hotéis que fiquem próximos dos restaurantes, lojas etc. 

Em Maceió existem 3 praias urbanas que é onde fica concentrada a maior parte dos hotéis: Jatiúca, Ponta verde e Pajuçara. Nós ficamos no hotel Ritz Coralli que era pertinho da Praia da Ponta Verde e ainda ficava praticamente do lado do Pavilhão do Artesanato e foi ótimo, fazíamos tudo a pé. 

Quando for reservar seu hotel reserve pelo Booking pelo nosso link! Acesse aqui!

O que fazer em Maceió em 3 dias?

Vou colocar aqui nosso roteirinho dia a dia! Lembrando que essa viagem também teve uma ida até a Rota dos Milagres que você pode conferir neste post

Dia 1- Como sempre costumamos fazer deixamos o dia da chegada bem livre e foi ótimo pois o nosso vôo chegou tarde em Maceió e ainda era dia de eleição, ou seja, ainda pegamos um pouco de trânsito no caminho “aeroporto – hotel”. Nesse dia apenas fizemos check-in, caminhamos pela orla de Maceió a noite e fomos procurar um bom restaurante para jantar. As dicas de restaurante estão aqui neste post

Dia 2 – Aproveitamos este dia para curtir as praias urbanas de Maceió. Saímos do hotel e fomos até a Praia da Ponta Verde bem em frente ao hotel e fomos surpreendidos por um enorme e lindo banco de areia. Ficamos por lá a manhã inteira naquela água deliciosa até a maré começar a subir.

Praia de Ponta Verde

De lá, andamos em direção a Praia da Jatiúca para ver se daria para ir a pé até o Farol de Ponta Verde e conseguimos. A maré já estava bem baixa e fomos andando até lá. Ficamos alguns minutos e logo começamos a voltar porque percebemos que a maré já estava começando a encher.

Caminhando até o Farol lá ao fundo. Minutos depois isso tudo já estava coberto de água!

De lá, almoçamos ali mesmo em um dos lounges da praia (veja as dicas de onde comer aqui) e na parte da tarde ficamos na Praia da Pajuçara bem ali pertinho. Fizemos tudo a pé. 

À noite aproveitamos para conhecer o Pavilhão do Artesanato e a Feirinha de artesanato da Orla e gente, ficamos muito tempo por lá! É muita coisa maravilhosa! 

Dia 3 – Fomos conhecer as praias mais ao sul. Fomos até a Praia do Gunga na parte da manhã direto de carro. Uma outra opção é ir até a Barra de São Miguel e fazer o passeio até o Gunga, mas não queríamos a opção com passeio porque a ideia era relaxar mesmo. Chegamos no Gunga e deixamos o carro no estacionamento reservado no próprio local que tem um preço fixo. Essa praia tem várias barracas e diversas opções de passeio (quadriciclo até as falésias, banana boat, jangada) mas optamos por ficar lá só curtindo mesmo.

A famosa praia do Gunga
Férias é como se chama!

Ao sair da praia do Gunga iríamos subir o Mirante do Gunga que fica logo na entradinha do estacionamento perto da placa, mas como estava muito cheio desistimos. Mas vale a pena pela vista. Eles cobram uma pequena taxa para subir.

Saímos de lá e fomos até a Praia do Francês para curtir o Pôr do sol. O lugar tem um centrinho super bonitinho com lojinhas e restaurantes e a praia é do tipo que agrada a diversos gostos: Tem o canto esquerdo que é mais “piscininha” e o canto direito que tem mais ondas, tem uma parte com bastante barracas e infraestrutura e outra indo bem lá pra direita que é um pouco mais deserta. Nós ficamos numa barraca logo no canto direito pois chegamos pertinho do horário do pôr do sol e nesse canto é o melhor lugar para ver. 

Entradinha da Praia do Francês
Canto direito da praia do Francês

Queríamos ter tido mais um dia em Maceió! Se tivéssemos incluiríamos as praias de Barra de São Miguel ao sul e a Praia da Ipioca um pouquinho depois da praia da Jatiúca. Mas no quarto dia nós aproveitamos um pouquinho da Praia da Pajuçara de manhã e já saímos em direcão à nossa Pousadinha “pé na areia” na Rota dos Milagres. Clique aqui e veja o Roteiro que fizemos na Rota dos Milagres. 

Praia da Pajuçara
Orla de Maceió
Trechinho da Orla de Maceió no caminho para a Rota dos Milagres

E para dicas de Onde comer em Maceió e Rota dos Milagres acesse este post

Gostou desse blog? Reserve com nossos parceiros clicando nos links abaixo e nos ajude com uma pequena comissão!
Passagens áreas com o Passagens Promo
Hospedagem com o Booking.com
Aluguel de Carro com a Rentcars
Seguros com a Seguros Promo
Não viaje para o exterior sem o chip da easysim4u

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s