Ubatuba em um final de semana

Há tempos que queria visitar o litoral paulista por ouvir falar sobre suas praias paradisíacas e visitar coisa linda e relativamente perto de mim é comigo mesmo!

Então, aproveitamos o feriadão de 7 de setembro e embarcamos pra essa cidade linda de viver! Como ficamos apenas durante o feriado, é lógico que não conseguimos visitar tudo que o lugar tem a oferecer, então darei dicas aqui dos locais que conseguimos ir e falar de alguns que eu gostaria de ter ido mas não deu, por enquanto! Hehe

Então, bora ao que interessa!

Quando ir? Por ser uma cidade praiana a primavera e o verão são as melhores épocas para ir. No inverno quando o frio não é tanto (o que não foi o caso kkk) fica difícil aproveitar o banho de mar pois as águas são bemmm geladas. Outra dica é evitar os feriadões e optar por finais de semana comuns, se possível. Na sexta-feira do feriado saímos bem cedo e não pegamos trânsito. Do Rio até a entrada da cidade levamos 5h30 (parando no caminho). E de lá mais 1h30 minutos até o local que escolhemos pra ficar. Mas a volta no domingo foi cruel…pegamos um engarrafamento super pesado em Mangaratiba. Fizemos quase 8 horas no total!

2018-09-09_11-57-27_HDR
Até a estrada pra lá é linda, não é?

Com carro ou sem carro? Para ir até a cidade de carro é muito melhor do que de ônibus, até mesmo porque é melhor pra se locomover por lá: visitar as praias, ir até o centro etc. Nessa viagem fomos de carro próprio!

Mas se precisar alugar, não esqueça de usar a Rent Cars usando o nosso link! Basta clicar aqui!

Hospedagem – Bom, Ubatuba tem mais de 100 praias pelo litoral. Com essa quantidade toda foi bem difícil escolher um local para ficar! Então vou fazer um resumo bem básico aqui das localizações e te falar qual foi a que escolhemos!

Região Norte: Picinguaba (de onde saem os barcos para a Ilha das Couves), Itamambuca, Prumirim, Ubatumirim são praias que ficam mais perto de Paraty. Passou de Paraty você chega rapidinho. Porém ficam um tiquinho só mais longe do centro, o que pode ser bom (você evita o trânsito de lá e a muvuca) e ruim caso você queira ir pra lá a noite durante sua viagem!

Região Centro: Algumas são Itaguá, Praia do Iperoig, Praia Grande. A praia de Itaguá e Iperoig são praticamente a mesma. Ficam bem centrinho com tudo perto e bem próximo da Rua Guarani, a famosa rua de compras. Mas não são propícias pra banho. Como eu queria ficar perto de uma praia que desse para usar optei por ficar em outro lugar. Mas é uma localização ótima pois se você ficar em Itaguá, por exemplo, dá pra ir a pé pra Rua Guarani e visitar as outras praias de carro. A Praia Grande eu tirei da lista por que é tipo uma Copacabana de Ubatuba. Orla com bastante infra, quiosques, ondas e super cheiaaa!! Mas a noite a orla não tem muito movimento, mas o centrinho de lá fica bem cheio!!!

Região Sul: Toninhas, Lázaro, Domingas Dias, Maranduba. Foi o local que escolhemos! Pesquisei na internet quais eram as melhores praias de Ubatuba e Lázaro e Domingas Dias estavam na lista. Então nem pensei duas vezes. Reservei um hotel/pousada super perto da Praia do Lázaro (dava para ir a pé) e realmente a praia é linda demais!!! Pena o tempo não ter ajudado muito. Estava muitooo frio…rs. A praia é relativamente perto do centro (de carro) mas fica longe da muvuca de Itaguá e Praia Grande. À noite é bom fugir pra Rua Guarani mesmo porque não tem muita opção no local.

Faça sua reserva pelo Booking clicando neste link! Você não paga nada a mais por isso e ajuda a manter este blog ativo!

blog (1 de 7)
A linda Praia do Láraro

O que fazer

Como a proposta é de final de semana segue um roteirinho básico de como curtir a cidade em apenas 3 dias.

1º dia – No primeiro dia já chegamos na hora do almoço. Almoçamos na própria pousada, que tinha um restaurante muito bom. E depois fomos lá conhecer a Praia do Lázaro! Linda demaisss!!!! Que pena o vento tão frio! Mas tinha uns aventureiros na água! Como não tinha sol não vimos o pôr do sol de lá mas dizem que é incrível. Voltamos para o hotel e de lá fomos para a famosa Rua Guarani.

20180908_200155
Restaurantes na Rua Guarani

A Rua Guarani é aquela famosa rua onde ficam concentrados os restaurantes famosos da região, lojas e algumas atrações que são comuns em algumas cidades! Tomamos café num lugar maravilhoso, o Ellen Café, e depois partimos para nossa atração da noite: o Aquário de Ubatuba que fica bem no início da rua. O Aquário não é tão grande quando o do Rio mas tem muitas espécies que não vimos no de lá, como os pinguins e os jacarés.  Eu sempre amooo esse tipo de passeio! Se tiver um tempinho visite também o Projeto Tamar que fica ali bem pertinho. Como saímos tarde do Aquário não conseguimos visitar mas dá para ir a pé.

Já conhecíamos o Projeto Tamar de quando fomos à Floripa! Então posso garantir a você que vale super a pena! Principalmente se você estiver com crianças. Clique aqui e veja detalhes de nossa visita lá!

O Aquário tem uma parte de conscientização, com um golfinho que foi morto com redes de pesca e uma parte com vários lixos que foram tirados do mar, que sinceramente é o auge da visita! Vimos vários pais aproveitando para ensinar as crianças, o que foi lindo de se ver! E tem uma parte específica com joguinhos de conscientização para as crianças que eu amei.

Fora o tanque de toque que pra mim foi a melhor parte do passeio! Quando fui no aquário do Rio o tanque estava fechado.

20180907_192905
Tanque de toque! Não esqueça de lavar as mãos antes!

Saímos de lá e jantamos no Spaghetto Ristorante! Não preciso dizer que era restaurante de massas, né? Rss Ele é ótimo.

Se conseguir chegar cedo na Rua Guarani, logo atrás é a Orla de Itaguá! Aproveite para dar uma caminhada por ela pois é linda! No finalzinho dela, já na Praia de Iperoig você pode ver o farol de Ubatuba! Nesse dia como só chegamos lá a noite não fomos até lá..fomos no último dia antes de sair da cidade.

20180909_105947

20180909_110511
Farol de Ubatuba

2º Dia – Passeio de Barco ou escuna para conhecer outras praias. Seja em Itaguá ou na própria praia do Lázaro você irá encontrar diversas agências fazendo passeios para praias da região. Já tinha pesquisado que os passeios de escuna eram super caros e daqueles que passavam por várias praias parando pouco tempo em cada. Mas é uma opção boa se você quiser conhecer muito em menos tempo. Normalmente eles duram o dia todo, com almoço já pré-programado (pago a parte) e grande parte sai da Praia de Itaguá.

Como eu estava com meus pais nessa viagem eu queria fazer algo menor e com mais tranquilidade do que o passeio de escuna. À princípio queríamos visitar a Ilha das Couves. Essa ilha é considerada uma das mais lindas da região. Porém, ou teríamos que ir até ela num desses passeios de escuna (pesquisar, porque tem alguns passeios que não param nessa ilha) e outra opção era ir até a Praia de Picinguaba e contratar um dos pescadores que fazem a travessia pra lá. Desistimos dessa opção porque da Praia do Lazáro até Picinguaba era quase 1h30 e quando vi que o tempo estava super ruim não achamos que valeria a pena o sacrifício. Sem contar que feriadão não é o melhor período para visitar a ilha. Ela é pequena e fica super lotada. Então, tínhamos várias outras opções de passeio (te falei que são mais de 100 praias né? Hehe). Ficamos entre Ilha de Anchieta e Praia da Fortaleza. A Ilha da Anchieta é mais uma das maravilhosas e além disso é nela que ficam as ruínas do antigo presídio, histórico na região. Vale muito a pena a visita se você tiver mais tempo pela cidade. Porém, não tinha mais horário na agência que fechamos para ir até a Ilha. (P.s. Simplesmente acordamos, e depois do café andamos até a Praia do Lázaro e procuramos alguém que estivesse oferecendo passeio por lá. Os preços são parecidos mas geralmente eles oferecem descontos pra grupos, se você pedir, não contratamos nada com antecedência..rs!) Logo, fechamos o passeio até a Praia da Fortaleza. O passeio era numa mini-lanchinha (não chega a ser uma lancha, mas vai bem rápido) e foi exclusiva para nós 4, o que foi ótimo. Fomos no horário que eles combinaram (30 minutos depois da hora que chegamos na praia) e já marcamos o horário de voltar e eles chegaram pontualmente. Chegamos lá em 20 minutos.

20180908_113628

A Praia é linda e possui uma piscina natural no canto direito (de quem está na praia). Para chegar na Piscina Natural você tem 2 opções:

Pela praia na maré baixa caminhando pela areia entre as pedras. Na maré alta não vá pela praia…você não irá enxergar as pedras, o que é super perigoso.

A segunda opção é por uma pequena trilha acessada por uma pedra altinha. A trilha é bem leve…só o início dela que tem essa subidinha na pedra e um trechinho que colocaram até uma corda para ajudar que prejudica um pouco a ida de pessoas com dificuldade de locomoção e crianças muito pequenas.

blog (2 de 7)
Um trechinho da trilha!

Minha única frustração na piscina natural é que não vi nenhum dos peixes que estava no folheto anunciado. Kkkkk mas ela é linda mesmo assim! Os quiosques que ficam na praia são meio caros, então, se quiser leve seu próprio cooler com lanche.

À noite, voltamos na Rua Guarani para comprar algumas lembrancinhas e visitamos o monumento com os ossos de uma Baleia Jubarte. Fica bem na pracinha do lado aquário. Não deixe de ler na plaquinha a história do por que daqueles ossos estarem ali.

blog (3 de 7)

3º dia – Se você não tiver que ir embora muito cedo, ou tiver mais um dia visite a linda Praia do Prumirim. A Praia possui um rio do outro lado, o que é bom demais! Água doce e salgada divididas por uma faixinha de areia. E do outro lado da estrada, por uma pequena trilha você ainda acessa a Cachoeira do Prumirim. Na estrada nós vimos um pequeno espaço de terra que usam como “estacionamento para a cachoeira”. Tinha um rapaz lá provavelmente cobrando uma pequena taxa para isso..rs.

Outra praia suuuuper famosa é a Praia do Félix. A praia fica dentro de um condomínio onde você pode encontrar alguns estacionamentos privados dos próprios condôminos. Depois de estacionar será necessário passar por uma pequena trilha de mais ou menos 1,5km.

Bom, mas se você, assim como nós, tiver que ir embora na parte da manhã talvez não dê muito tempo de fazer muita coisa.

Então, se esse for o seu caso, aproveite para dar uma paradinha no caminho para almoçar em Paraty! A cidade fica no caminho de volta para o Rio e é linda de viverrrrrr!!!!!! É bom que você já conhece 2 cidades em uma única viagem! Fizemos isso e aproveitamos para almoçar no restaurante Dona Ondina que fica bem na beirinha do canal com uma vista linda!

blog (7 de 7)blog (6 de 7)blog (5 de 7)

blog (4 de 7)
Só pra deixar um gostinho de Paraty em vocês! Leiam o post completo!

Quer dicas completas de Paraty? Acesse este post!

Bom gente, é isso!!!

Ubatuba é linda demais e merece um retorno para conhecer mais de suas lindas praias!

Um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s