O que fazer em Natal em 5 ou mais dias?

Cidade famosíssima, linda, destino de diversos casais em lua de mel! Vai passar lua de mel em Natal? Veja nosso roteiro completo!

Quando fomos à Natal pela primeira vez já tínhamos pernoitado em João Pessoa e em Pipa. Fomos primeiro à João Pessoa e ficamos 3 dias, de lá fomos de carro alugado para Pipa e ficamos 2 dias e de lá fomos para Natal e ficamos mais 3 dias onde finalizamos nossa viagem. Esse é um ótimo exemplo de roteiro. Mas a cidade cabe tranquilamente numa viagem de pelo menos 5 dias só pra ela e ainda vão faltar muitas coisas pra fazer! Já fomos mais de uma vez, então reuni os pontos que já visitamos nas duas viagens neste post!

Devo alugar carro em Natal? Se possível sim! De carro você fica mais a vontade pra ir onde quiser e ficar o tempo que quiser! Na viagem em que fomos a Pipa e João Pessoa o carro foi imprescindível por conta dos deslocamentos entre essas cidades.

Caso vá alugar carro alugue pela RentCars. Eles tem preços super competitivos! E alugando por este link você ajuda a manter nosso blog ativo pois recebemos uma comissão!

Onde ficar em Natal? A praia de Ponta Negra é a principal praia urbana de lá. É nela que fica um dos cartões postais da cidade, o “Morro do Careca” e uma das famosas placas “Eu amo Natal” (Tem outra na Praça da Jangada). Por esse motivo existem diversos hotéis e Pousadas em toda a sua orla. Porém, por mais que seja na beira da praia não indico tanto esse local para se hospedar (apesar de . A praia não é muito segura, é um local onde devemos sempre ficar muito atentos pois acontecem alguns furtos, e a noite não é muito movimentada, ou seja, fica ainda pior. Seguimos essa recomendação que vimos em alguns sites e não nos arrependemos. É melhor escolher um hotel na Avenida Roberto Freire. É movimentada a noite e possui vários restaurantes que dá pra ir a pé! Agora, se quiser ficar em resorts, só na Avenida Costeira, mas aí você precisa de carro para ir ao centrinho.

Na nossa primeira vez nós ficamos no Best Western Premier Majestic! Ele estava com uma promoção incrível no booking e o hotel é simplesmente maravilhoso! É nele que fica o restaurante do chef Jacquin do Masterchef! Aproveitamos e jantamos lá, é claro!

Na segunda ficamos no Red Roof que é bem mais simples mas suficiente para uma viagem em que você praticamente não fica no hotel.

Mas, como falei, se quiser mais infra, o ideal são os resorts da Costeira.

Faça sua reserva pelo Booking clicando neste link. Você não paga nada a mais por isso e nos ajuda a manter este blog ativo!

O que fazer em Natal?

O Maior Cajueiro do mundo: Esse é um daqueles lugares turísticos que não dá pra deixar de ir. É impressionante ver esse cajueiro. Ao chegar lá você precisará comprar o ingresso e ao entrar você terá um guia explicando um pouco a história do cajueiro durante o percurso além de uma pequena degustação do suco de caju dele. É impressionante como a natureza é linda de viver. Tem locais próximos pra estacionar.

No local também tem uma feirinha de artesanato ótima!!!

18767582_1152328274872015_2084088953431632213_n
No cajueiro na chuva! rs

No caminho pra lá tem o Centro de Lançamento Barreira do Inferno, que é tipo um museu da marinha que tem uma exposição muito legal e histórico dos foguetes que são lançados dali. Estava chovendo tanto que não conseguimos visitar. Um pena! Se puder visite!

Praia de Ponta Negra: Já falei um pouco sobre ela no tópico “Onde ficar”. De lá dá pra ver o Morro do Careca e tirar foto na praia. Praia super gostosa para passar o dia e o finalzinho da tarde. Vale a pena caminhar até bem pertinho do Morro do Careca para fotografar.

29bca635-3449-43cb-960a-2dfb9463724c

É desse cantinho da praia que saem os passeios de jangalancha. Sempre fico com receio de enjoar em jangada então não faço. Mas dizem que o passeio é ótimo e com sorte você pode ate ver algumas tartarugas.

Passeio de buggy às Dunas de Genipabu: Existem alguns lugares que tem uns passeios bem “pega turista”, desses que eu nem recomendo muito a fazer. Mas o passeio de buggy em Natal (apesar de parecer pega turista) na verdade é daqueles passeios do tipo “Não dá pra ir a Natal e não fazer”. Digo isso porque não tem jeito melhor de conhecer as Dunas do que num buggy “com emoção” hehe. Tem dois tipos: O que faz só até as Dunas de Genipabu e o completo que vai até as lagoas. Fizemos o completo com direito a esquibunda, tirolesa etc (mas essas atividades são pagas por fora). É realmente um passeio incrível com lugares de tirar o fôlego de tão lindos. Soma-se a isso as manobras do buggueiro nas dunas e as lagoas maravilhosas para tomar banho. A única coisa que não recomendo nele é o passeio de dromedário nas dunas: super caro (quando fomos era 60 reais por pessoa para uma voltinha de 15 minutos) e os bichinhos não são nada cheirosos…rs. Fizemos só uma selfie com eles e pronto! Já foi suficiente. rs

18839223_1152327534872089_4647718463657322396_n18921853_1152328251538684_7947471285390804114_n18765667_1152326164872226_4578346103461684022_n18921799_1152326694872173_2796822754918854019_n

Mirante dos Golfinhos: Dizem ser um lugar ótimo para ver os Golfinhos saltando na água em algumas épocas do ano. Confesso que eu não consegui ver nenhum..hehe…mas estava um temporal no dia, então talvez isso não tenha ajudado. De qualquer forma o local é lindo!!

Passeio de Quadriciclo pelas Lagoas de Natal: Esse passeio eu amei ainda mais que o de buggy. Primeiro porque a sensação de pilotar um quadriciclo é ainda mais emocionante do ficar de carona no buggy (apesar do buggy ser bem mais radical) e segundo porque as Lagoas visitadas são incríveis. Águas claras e quentes! O passeio que contratamos passava primeiro pela Lagoa do Alcaçuz com suas redes na água. Linda! Depois apenas passou pela Lagoa Amarela onde não tem parada para banho, apenas fotos, pois a lagoa não é propícia. E por último a Lagoa da Juventude, a mais linda de todas! Amei demais!!! Se tiver como faça os dois passeios: o de buggy e o de quadriciclo. Mas se tiver que escolher apenas um faça o de buggy pois é o mais tradicional.

DCIM100GOPROG1671497.JPG
Passeio de Quadriciclo

96fa92f0-5eca-4ffc-92a3-16e57d6b742b

IMG_7394
A linda Lagoa do Alcaçuz
IMG_4542
Lagoa da Juventude. Gente, sério! Que cenário! Só Deus mesmo!

Tem vários outros pontos turísticos na cidade, como Forte dos Reis Magos, além de outras praias e lagoas. Iríamos visitar, por exemplo, a praia de Camurupim e a lagoa de Arituba, mas não deu tempo! Fica pra ficar com vontade de voltar a Natal novamente!

Praia de Pipa: Essa é uma atração a parte! Tanto que não coube nesse post. Fiz um post só pra ela! Se quiser saber  mais clique aqui.

18836089_1152272774877565_7515196647759989010_n
Praia do amor vista do Chapadão de Pipa

Bate volta a Perobas para conhecer os Parrachos Rio do Fogo: Fizemos esse passeio e foi a coisa mais maravilhosa da vida. O passeio é um pouco cansativo pois começa bemmmm cedo, mas vale a pena madrugar sim! A agência nos pegou no hotel as 4h da manhã para chegarmos bem cedinho lá, pois como os parrachos são piscinas naturais o melhor é ir com a maré bem baixinha e no dia que escolhemos para ir a maré mais baixa estava entre 8h e 8h30. O ideal é já estar nas piscinas 1 hora antes da Maré mais baixa para aproveitar ao máximo. De Ponta Negra até o ponto principal de saída das lanchas para os Parrachos é mais ou menos 1h30.

Chegamos lá as 6h e tomamos um café no Restaurante do Vozinho e depois pegamos as lanchas e seguimos até os parrachos. No passeio já estava incluída a máscara de Snorkel. Gente, não tenho como descrever a beleza desse lugar.

DCIM100GOPROG2131699.JPG
Essas águas cristalinas!!
IMG_4826
Apaixonada demais por esse lugar!

Existe a possibilidade de ir até lá sem contratar agência caso você esteja de carro. Basta ir até a Praia de Perobas (você pode usar o Restaurante do Vozinho como referência) e tentar contratar a lancha por fora Mas, não é bom arriscar deixar para contratar a lancha só no local pois como o número de visitantes nos Parrachos é controlado pela Marinha pode ser que você chegue lá e já não tenha mais vagas. Reserve pelo menos a lancha com antecedência se quiser por conta própria. Achei o caminho meio mal sinalizado e waze não pega legal, mas alguns locais dizem que não tem erro ir por conta própria..rs.

Punaú: No mesmo passeio até o Parrachos a agência nos levou até um Hotel Fazenda em Punaú na parte da tarde. O local é lindo demais. É o encontro do rio com o mar. Além disso, o local oferece opções de passeio de quadriciclo, helicóptero e ainda esquibunda e tirolesa. Mas nós só curtimos a praia e o rio mesmo. Dá pra ir por conta própria, basta pagar a taxa de entrada no local.

Se tiver tempo combine sua viagem a Natal com Pipa e João Pessoa! São lugares próximos e vale muito a pena!

Gostou desse blog? Reserve com nossos parceiros clicando nos links abaixo e nos ajude com uma pequena comissão!
Passagens áreas com o Passagens Promo
Hospedagem com o Booking.com
Aluguel de Carro com a Rentcars
Seguros com a Seguros Promo
Não viaje para o exterior sem o chip da easysim4u

 

 

 

 

3 comentários

Deixe uma resposta para Porto de Galinhas, um paraíso em Pernambuco – Antes de ir Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s